O ARTURITO (DA PAOLA CAROSELLA!) MERECE POST ESPECIAL

Destacado

Rua Artur de Azevedo, 542, entre as ruas Cristiano Viana e João Moura, Pinheiros, São Paulo, Brasil

reservas pelo telefone [11] 3063 4951 ou por aqui

Almoço – de 3ª a 6ª das 12h às 15h, sábados e domingos das 12h30 às 16h

Jantar – de 2ª à 5ª, das 19h às 23h306ª à sábado das 19h às 23:30h

Cartões de crédito: American Express; Diners; MastercardVisa

Cartões de débito: Maestro; Rede Shop; Visa Electron

Site: http://www.arturito.com.br/

Preço por pessoa: R$ 75,00 a R$ 175,00.

Já quando saltei do táxi me encantei com o lugar. Um reduto contemporâneo cheio de paisagem verde sobre as paredes de concreto. Nada mais moderno, minimalista, simples e com estilo. Bem o que eu esperava da Paola, pelo pouco que a gente fica conhecendo dela no reality da Band, e o pouco que pude entender dela nas redes sociais que comecei a seguir.

IMG_6927

Minha amiga Rebeca Cerqueira posando pra nós.

Da porta pra dentro o lugar mantém seu charme. Pé direito alto. Um lindo bar bem na entrada já desperta o olhar para a colorida mágica dos detalhes. Em frente, na área de espera, cadeiras “gostosamente confortáveis” (perdoem-me a redundância, nem sentei ali, mas elas me chamaram pra sentar, em secreto), com estofado em cor camelo – totalmente em alta.

Continuando a passada de olhos, o ambiente progride num salão retangular, com bancos dos dois lados maiores, distribuindo mesas do lado direito e do lado esquerdo, de modo que todas ganham seus lugares com “sofazinho” para os que são fãs (euuu!). Lado esquerdo com almofadas floridas. Lado direito com as almofadas camelo da entrada junto à parede cheia de plantas. Sentamos no direito. Muito mais atrativo. Claro.

IMG_6928

Ah! A música. Que bom gosto. Chegamos assim que abriu o restaurante, então antes de o barulho dos demais clientes poluir o som do restaurante, pudemos apreciar uma música lounge, com uma bossa doce, muitíssimo agradável.

Bom, vamos à comida, pra felicidade geral da nação!

Nós todos pedimos soft drinks – aqueles drinks sem álcool – havia 2 opções: um era um espécie de suco verde (chá verde frozen) e o outro um amarelinho com gengibre (cordial de gengibre). Provei os 2. Apesar de o verde levar mel em sua receita, o amarelinho, com gengibre, era bem mais doce, e muito melhor.

IMG_6932 IMG_6931

Morrendo de fome todos, o couvert, que eu costumo dispensar pra não virar uma bola, foi pedido. E sem arrependimentos. É aquele couvert que faz valer a pena cada caloria. Pão quentinho, manteiga no ponto certo. Excelente. Faz uma caminha no seu estômago e descansa.

IMG_6933

De entrada, agora mais pelo @santamordomia, pedimos um magret de pato com prosciutto e brioches. Os brioches estavam divinos! A carne fininha vinha com aquela camada de gordura, propositalmente. Tenho um certo nojinho dessa gordura visível das carnes, mas em se tratando do restaurante da Paola Carosella, me senti na obrigação de prová-la, conforme foi apresentada. Tava uma delícia. Bem delicada.

IMG_6935

A parte de pratos principais do cardápio é bem contida. Eu fui perguntando logo o que era mais famoso, o que mais saía, pois eu precisava provar. E recebi a gentil explicação, bem ao estilo-paola-carosella, de que o cardápio é elaborado com poucas opções justamente porque tudo o que eles têm é excelente. Nesse caso, deve-se pedir o que está com fome de comer no dia. “Se está com vontade de massa, peça a massa. Se está com vontade de carne, peça a carne.”

Eu geralmente estou com vontade de comer massa, mas estava com um queridíssimo casal de amigos – a Rebeca, minha melhor amiga de infância, que já apareceu aqui no Blog, e o marido dela, o Gustavo – e eles escolheram as 2 massas mais atrativas do cardápio: um nhoque de ricota de búfala e um tagliatelle com cavolo nero, uma verdura/erva que nunca tínhamos ouvido falar e ficamos curiosos. Muitos itens no cardápio levavam isso. Eu poderia ter pedido o capelini com camarões – que inclusive vi chegar depois para a mesa ao lado e estava suculento! – mas o metri/gerente falou de uma forma tão especial da paleta de cordeiro, que eu fui nela! – uma boa oportunidade pra comer só proteína! (E acho que foi uma boa escolha, pois no MasterChef desta terça-feira fiquei sabendo que a Paola é especialista em carnes, estuda os seus pontos perfeitos há muitos anos e inclusive deu uma aula sobre o assunto para os participantes). A minha cunhada Carla, linda, também estava em São Paulo para fazer uns exames do meu sobrinho fofo que ela aguarda no ventre e se juntou a nós. Ela pediu o peixe fresco do dia. Por unanimidade, o nhoque foi o vencedor.

IMG_6938

O nhoque também vinha com o tal do “cavolo nero”! A massa foi a melhor de nhoque que já provei na vida. Não leva batatas.

IMG_6937

O tagliatelle. Provei da Rebeca e amei.

IMG_6939

O meu cordeiro.

IMG_6940

O peixe fresco do dia, que vinha com aquele molhinho tradicional de acompanhar peixes – lembrando aquele molho do mc fish – ou de um tradicional inglês fish and chips. Minha cunhada elogiou.

Hoje, reunindo informações para escrever esse post, achei algo no site do ARTURITO, na parte do cardápio, que traduz exatamente o que achei da comida,no dia que fui:

“fazemos uma cozinha simples com foco no ingrediente e respeito a natureza orgânica dos produtos”

É exatamente isso. O sabor é simples, com foco no ingrediente principal. Nada elaborado. Mas muito bem feito. O meu cordeiro estava realmente suculento, mas singelo, com nada de condimento, um molhinho de mostarda do lado, algumas alcaparras, uns verdinhos e mais nada. Bom. Eu, que prezo muito pela criatividade e combinação de sabores, tive que me esforçar pra entender o conceito e a beleza das proteínas servidas de uma forma tão nua – se é que vocês me entendem.

Pediria outros itens do cardápio uma próxima vez.

As sobremesas! Ahhhh, as sobremesas! Essas sim. Foi uma orgia. Um espetáculo! Uma melhor que a outra. Pedimos muito bem. E foi:

1 – pot de crème de intenso chocolate amargo, biscoitos de noz pecã e sal marinho (Chocolate pot de creme, sea salt & pecans biscuits) – minha amiga Rebeca chocólatra-desde-sempre foi nas nuvens! Pra mim, estava um pouco amargo demais – mas não sou chocólatra e sei que quem gosta de chocolate mesmo, curte um amarguinho.

IMG_6952

2 – * triffle de doce de leite, sorvete de baunilha, praliné de noz pecã, café & whisky… (Dulce de leche, coffee & whisky triffle) – divino! Com bastante gosto de whisky, mas a combinação era perfeita.

IMG_6951

3 – Degustação de 3 sabores de sorvete: fava de baunilha da bahia vanilla bean * doce de leite artesanal homemade dulce de leche *chocolate, bitter chocolate * e doce de leite artesanal para acompanhar – Destaque para o sorvete artesanal de doce de leite feito na casa! Maravilhoso! Todos da mesa amaram! Mas é um exagero pedi-lo acompanhado do doce de leite artesanal, pois o sorvete já é praticamente um doce de leite in natura com textura de sorvete. Eu amei o de fava de baunilha também. O de chocolate era naquele estilo amargo da primeira sobremesa – quem ama chocolate vai ao delírio.

IMG_6950

Pra terminar um chá de hortelã, bom pra digestão. ; )

IMG_6955

E a nossa continha esperta. Vale dizer que ficamos muitíssimos satisfeitos com os preços pagos. O valor é super justo e a conta só atingiu esse preço – que nem foi tão alto – porque pedimos muita coisa. Todos chegamos à conclusão de que poderia ter sido ainda mais barato.

IMG_6956

Anúncios

REALITIES GASTRONÔMICOS

Destacado

Confesso que sempre tive uma queda forte por realities shows, gente! – julguem-me – mas além de comidinhas e ambientes cozy, outra coisa que AMO nessa vida – talvez mais que as primeiras – são pessoas. Personalidades. Convivência. Psicologia, sabe? E eu ainda fui convidada pra ir numa das gravações do Cozinha sob pressão do SBT e provei tudo! – alguém viu no instagram? – Foi uma experiência maravilhosa e me deu mais vontade ainda de fazer um post sobre esses realities! Mas ainda não posso contar nada! O programa que eu fui vai ao ar dia 20 de dezembro deste ano! Só posso dizer que eles cozinham mesmo! E pra caramba! É tudo muito real e tenso de verdade!

Assim sendo, e fazendo jus ao campo semântico de atuação desse Blog, achei que seria interessante falarmos dos Realities de Gastronomia que estão bombando no Brasil, seus participantes e jurados!

Os participantes me despertam muita curiosidade e atenção, mas os jurados também – na verdade até mais! Estou com vontade de ir em todos os restaurantes de cada um dos jurados! Por isso, fiz uma pesquisa e separei tudo aqui pra gente, pro check list de cada um de nós!

Vamos falar dos 3 realities que eu mais gosto, tá? O COZINHEIROS EM AÇÃO; O COZINHA SOB PRESSÃO E O MASTER CHEF BRASIL! (uhull)

1 – COZINHEIROS EM AÇÃO – NO CANAL GNT – QUINTA – FEIRA – ÀS 20:30

(apresentado pelo também Chef Olivier Anquier – que não participa do julgamento dos pratos no programa – instagram: @olivieranquier – dono do Bistrô L’entrecôte D’ Olivier – http://www.bistroentrecote.com.br/ – que é diferente das franquias Relais D’entrecôte!) 

Quis falar deste primeiro porque a grande final é hoje!!! Vai ser com a Carol Quartim e a Joana Kamil! 2 personalidades muito legais de  assistir! Cada uma terá que preparar uma Ceia de Natal completa para ser avaliada pelos jurados!

carol X joana_Fotor

A Carol – a loira  da esquerda – tem 31 anos, foi mãe nova e faz aquele estilo super batalhadora. É sensível e muito emotiva. Ganhou uma certa fama de desequilibrada pelos incidentes ocorridos no programas, em que ela sempre acabava se afetando mais que os outros participantes. Mas eu gosto muitíssimo dela! Sério! Cada um tem seu limite, sua sensibilidade, uai! Ela já venceu com o melhor prato 3 vezes no programa e já deixou bem claro que “aaaaamaa” ceia de natal! Será que ela ganha? / A Joana – morena da direita – é nutricionista, bem mais equilibrada e faz tudo sempre bem. Venceu 2 vezes no programa, mas os jurados a acusam de, de vez em quando, pecar pela falta de sal ou de tempero nos pratos, talvez pelo próprio fato de trabalhar com nutrição, que impõe tabelas rígidas de restrição de sódio e blá blá blá. E aí?! Pra quem vcs torcem?! Alguém acompanhou tudo desde o início? Confesso que perdi vários episódios!

JURADOS DO COZINHEIROS EM AÇÃO:

IVAN ACHCAR – instagram: @chefivanachcar

  url

Ele, de descendência árabe, que quando gosta do prato de algum participante costuma dizer que o “comeria em quantidades absurdas!” – deixando todo mundo louco e empolgado pra experimentar o que é impossível para nós na qualidade de “virtuais” telespectadores –  tem um restaurante em Perdizes, SP –  O ALMA COZINHA – O site, que está em construção, é esse aqui ó – só clicar: http://www.almacozinha.com.br/ 

MONICA RANGEL – instagram: @monicanrangel

images-1

Ela, que me parece a mais séria e experiente dos jurados, apesar de todo o programa ter um clima descontraído de forma geral – tem um restaurante em Visconde de Mauá, RJ. Acho que é obrigatório pra quem for viajar pra lá, né?! É o GOSTO COM GOSTOhttp://www.gostocomgosto.com.br/ 

 RENATA VANZETTO – instagram: @renatavanzetto

images

Ela, a mais nova dos jurados, com apenas 26 anos, é tida como chef prodígio, tendo começado a cozinhar aos 13, no restaurante de sua mãe, que é decoradora, em Ilhabela, litoral norte do Estado de São Paulo, onde viveu toda a infância e adolescência. Atualmente lidera 2 restaurantes na capital paulista, no bairro dos Jardins, SP. Sou muito fã dela!

O MARAKUTHAIhttp://www.marakuthai.com.br/ – sou louca pra ir – a decoração é inspirada em bandanas praianas. É um restaurante contemporâneo com sotaque tailandês! Alguém já foi?

e

O  EMAhttp://www.emarestaurante.com.br/eventos.html – Nesse eu já fui!!! Eêeeeee! E a própria Renata estava cozinhando pra nós no balcão!  A ideia do restaurante e toda a decoração foram feitas em razão da mania da Renata de desenhar eminhas! O restaurante tem apenas 23 lugares e funciona apenas durante alguns dias úteis da semana. A comida tem um ar caseiro e é realmente deliciosa!

ema fotor editor

Além desses 2, A Renata está à frente do muito bem falado ME GUSTA CEVICHE E PISCO – https://www.facebook.com/pages/Megusta-Ceviche-e-Pisco/326472344127893 – em Ilhabela – que parece ser um charme só!

2 – COZINHA SOB PRESSÃO – NO CANAL SBT – SÁBADO – ÀS 18:00

Esse programa é a versão brasileira do Hell’s Kitchen, sabe? Do famosérrimo e bravíiis-simo-íssimo-íssimo Gordom Ramsay. Além de cozinhar bem, os participantes têm que enviar os pratos no momento certo, do jeito certo, tudo como é dentro de um restaurante mesmo!

Nesse programa, eles têm um formato em que toda vez que o participante responde ao Chef, o faz do seguinte modo: “Sim, Chef!”; “Desculpa, Chef!”; “Já vai, Chef!”- o que dá uma aura de coro, respeito e submissão que funcionam mto bem pra um reality de gastronomia! To adorando o programa e quando perco vejo no Youtube!

Os participantes são esses aqui ó:

imgres

Eu gosto muito de assistir na TV a Beatriz Buessio, a Danielle Rocco, a Caroline Chloé e o Arthur Souer, que estão, coincidentemente, rodeando a foto do Chef Carlos Bertolazzi no sentido anti horário, na ordem que eu falei. Quem vcs curtem mais?

O CHEF DO COZINHA SOB PRESSÃO:

CARLOS BERTOLAZZI – instagram: @cabertolazzi

Carlos-Bertolazzi

Ele, que participava do programa-super-descontraído Homens Gourmet no Canal a Cabo Bem Simples – e que atualmente faz o papel do Gordom Ramsay na versão produzida pelo SBT – está surpreendendo no comando do programa pela naturalidade. Nada de forçação pra fingir ser mau. Ele parece ficar muito irritado de verdade! E dá altas broncas! Já vi ele confessar em entrevista que ele é bem nervoso mesmo no comando do seu restaurante, na vida real.

O famoso ZENA CAFÉ, nos Jardins, SP, é dele, e eu já fui tbm!! EEEEEêeba de novo! – http://www.zenacaffe.com.br/

pratos do zena caféEsse Nhoque do meio, com molho de tomate fresco, manjericão e fondue de queijo stracchino é o prato assinatura do Carlos Bertolazzi – eu comi e é bem gostoso, bem fresco realmente, mas o meu paladar deu o troféu de campeão pra esse 1o da esquerda pra direita. Era um nhoque tbm, só que de funghi. Vale a pena experimentar! – Mas sou suspeita pra falar pq toda comida que vem numa caçarolinha de ferro já me conquista de cara e ganha alguns pontos no meu coração.

O ambiente é bemmm gostosinho tbm, jardinzinho iluminado como eu gosto, ó só:

ZENA CAFEE AMBIENTE

Outro restaurante do Carlos Bertolazzi é o PER PAOLO – http://www.perpaolo.com/ – que atualmente conta com 3 unidades – uma no Itaim, outra em Perdizes e outra em Pinheiros. Eu fui no do Itaim, numa sexta-feira à noite. Tava vaziiio… mas o que importa é que não entendemos o porquê, já que a comida tava um espetáculo! O lugar é beem simples, nada de decoração, mas o preço é justo – destaque para as meias garrafas de vinho – tomamos uma mto gostosa por 32 reais! –  e olhem que lindas as fotos dos pratos que pedimos:

per paolo completo com conta_Fotor

Em sentido horário: 1) bolinho de arroz arbóreo com 2 tipos de sabores – maravilhosos os 2!; 2) o carro chefe da casa: filé ao molho de funghi com nhoque (especialidade do carlos Bertolazzi) ao molho de gorgonzola; 3) tagliolini ao pesto (amo!) com camarões – achamos melhor que o carro chefe da casa! Achei divino!; 4) o melhor crumble de maça com sorvete de baunilha que já comemos na vida –  como já disse no instagram; 5) Eu e Mari – que personifica a segunda pessoa do plural das frases anteriores – foi ela a amiga linda que participou do #santamordomia dessa vez comigo! ; ); 6)  Nossa continha justa e feliz; 7) o letreiro da entrada do Per Paolo! 

Por último, mas não menos importante! (Na verdade é um dos mais empolgantes! Pois são 1 hora e 30 minutos de programa! Então dá bastante tempo pra nos apegarmos e nos apaixonarmos pelos particiopantes):

 3 – MASTER CHEF BRASIL – BAND – TERÇA – FEIRA – ÀS 22:30

(Apresentado pelo Jornalista Ana Paula Padrão)

Participantes:

imgres-6

Gente, eu sigo o instagram:

Da Cecília – que ganhou a maioria das provas até hoje – na linha debaixo, da esquerda pra direita ela é a primeira. Instagram: @yeswecook

Da Elisa – super nova também – na linha de baixo, da esquerda pra direita ela é a segunda. Instagram: @lisawalla

Do Estefano – que já saiu – fofo – é o segundo da linha de cima, de origem super humilde, e foi contratado pra trabalhar em um dos restaurantes do Erick Jacquin, que já já falaremos. O Stefano não posta nada. Mas eu sigo mesmo assim. Instagram: @estefanozaquini

e

Do Mohamad – na linha de cima, da esquerda pra direita, ele é o penúltimo – gatinho né? haha. Acho os pratos dele de descendência árabe incríveis! Fico aguando! – Todo mundo acha que ele e a Elisa formam um belo casal! – eu sou #teamelisaemohamad. Mas os 2 parecem ser apenas bons amigos – até agora. Risos. Instagram: @mohindi

JURADOS DO MASTER CHEF BR:

PAOLA COROSELLA – Instagram: @paolacarosella

PaolaCarosella01

Ela, de origem argentina, que já ganhou vários prêmios de gastronomia, é bastante exigente, mas tem uma doçura e uma sensibilidade ímpares. Sou fã número 01. Adoro mulheres fortes e admiráveis como ela. À primeira vista, ela pode parecer a vilã do programa, mas os conselhos, as repreensões e as dicas que ela dá a cada um dos participantes são sempre apropriados, cheios de sabedoria, maturidade e sensibilidade. Não sei se pelo sotaque, mas parece que tá sempre saindo poesia da boca dela. Seu restaurante, no bairro de Pinheiros, é o primeiro da minha lista pra visitar em SP! Foi eleito pela Veja Comer e Beber como um dos melhores da categoria variados em 2013/2014. Tô louca pra ir!! O site do restaurante dela é uma graça! Cheio de bossa, com a história de como ela lida com os produtos e do que ela entende por gastronomia. Cheio de fotos de produtos frescos e lindos, assim como o instagram dela. O nome é ARTURITO  – http://www.arturito.com.br/

HENRIQUE FOGAÇA – Instagram: @henriquefogaca74

henrique-fogaça

Ele – que é vocalista de uma banda de hardcore – já ganhou prêmio paladar de melhor carne de porco da cidade. Defende que comida não pode ser considerada artigo de luxo! E lidera 3 restaurantes que têm a cara hardcore dele:

SAL GASTRONOMIA – Em Higienópolis, SP. Ambiente simples, mas contemporâneo, descolado – menu bem variado – vale dar uma provada na carne de porco, né? http://www.salgastronomia.com.br/#sal

CÃO VÉIO – Em Pinheiros, SP. Ambiente mto legal, com lustres e sofá de couro preto no estilo antigo bergére – restaurante com mtos hambúrgueres no cardápio, na parte “cão véio” – apesar de vc encontrar outras modalidades gastronômicas nas partes do cardápio chamadas “cão magro”; “cão gordo” e “cão doce”. O prato fila brasileiro (Cão Gordo) é o campeão de vendas. Trata-se de filé mignon empanado com queijo gruyére e gorgonzola. Todos os pratos são inspirados em nomes e raças de cães – divertido! – http://caoveio.com.br/

ADMIRAL’S PLACE (São Paulo Finest bar) – Consolação, SP. A proposta parece ser servir comida de bar em estilo mais requintado, mas a preço acessível – ex.: Mini sanduíche de ragu de javali com pimenta de maracujá a 30 reais. – http://admiralsplace.com/br/

ERICK JACQUIN – instagram: @erickjacquin

7eamrzncuf7wlno2ceigpryb3

Ele, que faz o papel de carrasco do programa, com pitadas de sensibilidade ao contratar o participante eliminado de 19 anos e origem humilde, Estefano, para trabalhar em seu restaurante, prometendo-lhe ensinar tudo o que ele precisasse saber para ser um grande chef –  fechou seu principal restaurante em Higienópolis, SP, em 2013, o La Brasserie, por questões financeiras graves. Atualmente parece liderar 3 outros, no melhor estilo tradicional francês.

LA COCOTTE BISTROT – Jardins, SP – http://www.lacocotte.com.br/

TARTAR & CO – Pinheiros, SP – proposta descontraída do Jacquin – O site é bem divertido – http://www.tartarandco.com/

BRASSERIE DE LA MER – Natal – http://www.majesticnatal.com.br/gastronomia-em-natal

Espero que esse post não tenha ficado grande demais e vcs tenham curtido!!! Comentem!

O UMBIGO DO OUTRO.

Destacado

Animais. É isso que somos. Mamíferos placentários que desde o nascimento são marcados pelo umbigo. O próprio umbigo. O cordão umbilical é cortado e lá teremos aquela cicatriz, que fica pra sempre, pra nos lembrarmos da nossa condição de selvagens.

A vida inteira somos animais procurando o nosso espaço, as nossas vontades, os nossos gostos, as nossas comidas, o nosso amor – querendo encontrar e afirmar as nossas complexas personalidades. Com a diferença de que a nossa espécie – humana e privilegiada – foi presenteada com a capacidade de pensar mais elaboradamente, e de olhar com mais atenção para o umbigo do outro. Nesta ordem. Primeiro um, depois o outro.

Eu sei, isso demora. Pelo menos pra maioria. Me incluo nela. A necessidade desse olhar a gente descobre cedo. Os adultos ensinam aquele animalzinho de menos de 1,20 de altura a não azucrinar o coleguinha de óculos da escola, a não jogar bolinha de papel na professora, a pedir licença, a pedir desculpas. Eu sei, eu sei, regras. Assunto chato. Já tô parando. Já já chego onde quero.

A serenidade é um ideal. Difícil abafar o animal latente que há em nós. Nos emocionamos e concordamos com a sabedoria do provérbio de Salomão, que manda na lata a verdade, nua e crua: “tire um orgulhoso da sala, e não haverá brigas”. Pergunta-se: será que ele não era orgulhoso? Nem um pouquinho? Será que era mesmo tão evoluído? Será que conseguia auto domar-se com perfeição? Controlar seus instintos mais primitivos com constância?

A verdade é que tem gente que consegue se sair bem nessa tarefa. Eu conheço. E quero ser igual quando crescer.

Quando era pequena tinha medo de isso significar fraqueza – culpa da mídia, certeza. Entre a sem-graça, a desgraça e a nem-de-graça, eu só tinha pavor de ser a sem-graça. Acho que minha mãe se arrepende de ter rogado a Deus pra não ter filhas pombocas, pois imagino que não deva ter sido fácil lidar com 3 animaizinhos de sexo feminino – o que pode piorar um pouco as coisas – dentro de casa.

Tô deixando de achar tão-máximo-assim as mocinhas mimadas do cinema hollywoodiano, cheias de caprichos, orgulho e vontades, com suas poses e chiliques de donzela em apuros, pra dar valor às donzelas que se preocupam em se importar com o umbigo do outro. Que transigem. Que cedem para o bem do convívio geral. Que escutam. Que veem com benevolência a cicatriz do umbigo do outro. Gente fácil, sabe? Que tenta descomplicar. É essa gente que é lembrada. Amada. Que ganha poesia linda no epitáfio. É essa gente que tem ganhado a minha admiração e os meus suspiros. De verdade. Gente de verdadeiro brio.

E, o melhor de tudo, vai por mim – tô descobrindo que dá pra fazer isso sem precisar ser pomboca ou sem-graça. Desviar o olhar do nosso próprio umbigo, ser complacente, calar quando é preciso, observar e falar com calma nas horas difíceis é algo que divide espaço muitíssimo bem com um papel de protagonista solar, de alma brilhante, colorida, divertida e criativa. E é nessa junção que reside o verdadeiro poder. E é assim que nascem seres apaixonantes.

Chega a ser evidente que esse é o símbolo real da evolução da espécie, não? Tão óbvio que o princípio cristão do amor-ao-próximo só poderia nos favorecer. E é tão difícil de enquadrar. Às vezes doloroso de pôr em prática. Todo começo é difícil, vai. Mas tenho o grande palpite de que vale a pena tentar. Não é à toa que Manoel Carlos já confessou em entrevista que a característica que o inspira, encanta e mantém a intercessão entre as Helenas de suas novelas é a resignação, posto que divina, arrebatadora. E – se te faltavam argumentos – os machos piram.

6dcd2ed5d6852f58db1073faa061e22c